Em Jaguaré, Dom Paulo destaca vocação de igreja e poder público para resgate de valores

“Há uma evolução acelerada da perda dos valores morais. Igreja e poder público precisam pensar uma forma de reverter esse quadro”. Esse foi o ponto principal do discurso do bispo da Diocese de São Mateus, Dom Paulo Bosi Dal'Bó em visita à Câmara Municipal de Vereadores, na tarde desta sexta-feira, 29 de abril.

A reunião, realizada no Plenário da Câmara, contou com a presença do prefeito Marcos Guerra, do vice-prefeito Elder Sossai, o presidente da Câmara Jean Costalonga, os vereadores Tadeu Gabriel, Jair Sandrini, Tininha, Ricardo Barros e Tião Soprani e vários secretários municipais. O prefeito Marcos Guerra parabenizou a igreja pelas diversas e tradicionais ações e pela organização religiosa em prol da população.

“Quero parabenizar a igreja pelos trabalhos que realiza com muita qualidade. Sabemos que, para atuar em busca de uma sociedade que espelhe os valores cristãos, precisamos unir forças por um serviço público e eclesiástico que nos leve a um ponto de equilíbrio”, ressaltou. Marcos Guerra também destacou que a Administração Municipal e a Câmara de Vereadores estão se esforçando pelo estabelecimento de políticas sociais, educativas e esportivas que sejam, de fato, uma forma de minimizar os problemas na sociedade.

Resgate de valores

O bispo Dom Paulo Dal’ Bó foi ordenado para a Diocese de São Mateus em outubro de 2015 pelo Papa Francisco. Dom Paulo tem feito um trabalho de peregrinação pelas comunidades e, na passagem por Jaguaré lembrou que, pensando em termos de prevenção das pessoas mais jovens e das famílias, o poder público, bem como as igrejas podem pensar em termos do resgate de algumas atividades sadias que eram muito comuns até bem pouco tempo.

“Muitas atividades de vivência comunitária, que tínhamos em tempos recentes, como círculos bíblicos, encontros de famílias, oração nas casas, atividades nas escolas, espaços de lazer - coordenados por voluntários ou profissionais do setor público, nós estamos perdendo isso ultimamente. A Campanha da Fraternidade este ano reflete muito bem tudo isso com o tema Fraternidade e Educação. Esse tema reforça a ideia de que a escola ensina e a família educa. Hoje existem muitas famílias que passam pra escola ou pra igreja a responsabilidade de uma educação que deve começar na base. É preciso recuperar essa dimensão, voltar a esses pequenos gestos em que poderíamos fazer o trabalho de resgate dos valores éticos e morais”, argumenta o bispo.

Tecnologia e convivência

Dom Paulo também falou sobre a influência da tecnologia na vida moderna. Para ele apesar de ser bem-vinda é preciso estar atento aos seus impactos na família, que está abandonando antigos e bons hábitos.

“Oferecer, muito cedo, um celular para as crianças, com redes sociais, não é negativo, mas se não der uma formação prévia, pode se tornar um instrumento perigoso e negativo. A bíblia está ficando pra escanteio em muitas famílias, muitas nem têm mais a bíblia! Então esse retorno à Palavra de Deus como princípio, como valor é importante e é preciso tirar tempo para a família, para orar em família. A sala se tornou lugar de passagem na casa, as comunicações internas na família passaram a ser virtuais e não mais de contato. Então é preciso retornar à questão do afeto, da proximidade, do abraço, do olho no olho, do diálogo pessoal e não mais virtual. São esses e tanto outros sinais que igreja e poder público podem resgatar nessa parceria”, afirmou.

Data de Publicação: sexta-feira, 29 de abril de 2022

ACOMPANHE A PREFEITURA

Horário de Atendimento

O funcionamento da Prefeitura Municipal de Jaguaré é de Segunda à Sexta 08:00 às 11:00 e 12:30 ás 17:00

Fale Conosco

Telefone: (27) 3769-1555
E-mail: ouvidoria@jaguare.es.gov.br

Endereço

Av. 09 de Agosto, n° 2326,
Centro - Jaguaré/ES - CEP: 29950-000